Do luto à superação: Suave aroma dos campos de lavanda é um livro emocionante e cheio de nuances

Créditos: Divulgação

Joyce tinha 17 anos quando descobriu que tinha a doença celíaca e, por isso, não poderia mais ingerir alimentos que tivessem glúten. Era seu adeus às massas, pizzas, pães e tantas outras delícias. Mas o adeus mais dolorido da garota foi aos seus pais, que morreram juntos em um acidente, deixando a menina entre a dor do luto e a responsabilidade de lidar com documentos, papéis e inventário.

Em Suave aroma dos campos de lavanda, César Obeid conta a história de uma protagonista forte, lutadora e com muitas lições a ensinar. O livro é um lançamento da Editora do Brasil.

A história de Joyce se dá com uma série de desventuras. Quando a menina começa a colocar o trem da vida nos trilhos, descobre um indesejável segredo que seu pai guardou por 12 anos.

A avó da menina até tenta levá-la para morar no interior, onde a família possui campos de lavanda, tomate e caqui. Mas Joyce prefere continuar na cidade para terminar o Ensino Médio.

Ao longo da história, a protagonista relembra sobre sua infância brincando de esconde-esconde nos campos de lavanda com seus primos e amigos do sítio. Por vezes, se agachava e mastigava as pequenas partes das florzinhas roxas que eram tão suaves que a faziam sorrir. A menina também gostava de espremer as folhas verdes entre os dedos para sentir o cheiro que a acalmava.

Um livro que prende a atenção do leitor pela riqueza de detalhes, o suspense entre os acontecimentos, a emoção ao longo das descobertas de Joyce. César trata assuntos delicados como doenças, luto e bullying de forma sensível e agradável, envolvendo o público com cada palavra.

Suave aroma dos campos de lavanda faz parte da série Toda Prosa, feita para o jovem leitor que ama boas histórias, curte bons livros e gosta de alimentar a imaginação com boa literatura.

Sobre César Obeid

César Obeid nasceu em São Paulo (SP) em 1974. É palestrante, autor de literatura infantil e juvenil, com obras reconhecidas pela Fundação Nacional do Livro infantil e Juvenil (FNLIJ).

Também tem um canal de vídeos e escreve artigos sobre literatura, poesia, autoconhecimento, criatividade e culinária vegana, suas paixões. Com os dramaturgos, aprendeu a contar histórias por meio de diálogos, com os poetas populares percebeu que qualquer tema pode virar poesia, com os autores clássicos compreendeu que as belas histórias são atemporais, com os autores contemporâneos entendeu que um escritor que segue sua intuição não erra nunca.

Sobre Erika Lourenço

Erika Lourenço nasceu em Belo Horizonte e passou a vida se mudando. Morou em muitos lugares até descobrir que era seu próprio lar. Encontrou-se quando entendeu que a melhor maneira de se comunicar era através da ilustração, que faz por trabalho e por amor.

Sobre a Editora do Brasil

A Editora do Brasil busca, há mais de 75 anos, renovar os produtos e serviços que levem aos milhares de educadores e alunos do Brasil conteúdos atuais e materiais de qualidade.

Nos quatro cantos do País, professores e gestores utilizam os livros da editora e têm acesso a um projeto didático comprometido com a ética e com uma educação cada dia melhor.

O compromisso da Editora do Brasil é com o dinamismo do conhecimento e com a educação que transforma e é transformada. Mais que nunca, posiciona-se ao lado dos educadores, observando, analisando e discutindo os novos desafios do ensino em nosso País.