Vinicius Damião: Onde o sucesso pousa

Créditos:

Victor Hugo Cavalcante: Primeiramente muito obrigado por nos conceder esta entrevista, e gostaria de começar perguntando: Sobre o EP que a Onde a Poeira Pousa compõe, o que o público pode esperar deste trabalho? Porque fazer este hiato entre lançamento de clipe do single e lançamento do EP? 
Vinicius Damião: O EP chama-se Souvenir de Guerra, o single é Onde a Poeira Pousa, primeira faixa do EP. Este é meu primeiro trabalho, nele procurei apresentar um pouco da minha experiência como artista e como pessoa, como homem gay, aquilo que identifico como meu universo. Acho que o público pode esperar diversas coisas, desde letras intimistas sobre sentimentos coletivos, beats e arranjos musicais e vocais interessantes. O hiato na verdade foi uma forma de conseguir mostrar a essência do trabalho com um respiro entre o que ainda vem por aí.

Além da música Onde a Poeira Pousa, quantas e quais as outras músicas que compõem o próximo EP, com lançamento previsto para o começo de 2018?

Além do single temos mais 3 outras músicas, com a mesma atmosfera, a mesma intensidade. Teremos Tiro de Raspão, Garotos Perdidos e Cada um sem o seu.

O clipe do single Onde a Poeira Pousa foi dirigido por Thiago Ozelami, como rolou o contato e convite para o diretor de produção? O que você achou do clipe desde a gravação até o resultado final? 

Thiago é um grande amigo, logo que o single ficou pronto apresentei a ele para que conhecesse, como amigo mesmo, não tinha ideia do que fazer para o vídeo. Ele adorou a música, na hora mesmo criou um roteiro lindo, chamamos outros amigos e parceiros e o resultado é essa história super poética que vemos no clipe. Aliás, toda a equipe foi composta por pessoas muito queridas. Foram alguns dias de gravação onde trabalhávamos e nos divertíamos ao mesmo tempo. Foi um processo incrível.

Além do single Onde a Poeira Pousa as outras músicas também serão lançadas antes do EP ou não?

Não, as músicas serão lançadas de uma só vez. 

Quais artistas musicais compõem a inspiração e influência de Vinicius Damião

Eu ouço bastante coisa variada, de música erudita ao feminejo... Acho que tem muito do que essas musicas representam pra mim, sinto que cada estilo explora de uma forma específica. Durante o processo de composição alguns artistas acabei ouvindo mais, como Rincon Sapiência, NAO, Lucas Santtana, The XX, Metá Metá e Laura Marling.

O que cada musica sua pode dizer sobre  você e sobre as suas ideias?

As letras são todas feitas por mim, acho que cada uma delas trás muito de quem eu sou e das experiências que vivi, acho que isso é quase inevitável. As melodias me ajudam a transformar aquela sensação em algo mais concreto, dar a entonação certa pra cada sentimento e levar as pessoas para esse "lugar". Cada musica conta um pouco de como algumas experiências foram vividas ou como chegaram até mim.

Quantos videoclipes você já realizou?

A música Onde a Poeira Pousa foi meu primeiro clipe.

Qual foi o show mais fantástico que você já fez? E o pior? Por quê? Como é a sua preparação antes de cada apresentação? 

Ainda não fiz nenhum show como carreira solo, o primeiro será no ano que vem, após o lançamento do EP.