Max Fama realiza editorial de incentivo á leitura infantil

Créditos: Jorge Luiz Garcia

Nesta sexta-feira (23) é comemorado o Dia Mundial do Livro.

A data foi escolhida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) para celebrar o livro, incentivar a leitura, homenagear autores e refletir sobre seus direitos legais.

Em tempos de pandemia o livro tornou-se uma das grandes alternativas de entretenimento, né?

Mas no Brasil esse não é um hábito da maioria da população.  

Segundo a pesquisa Retratos da leitura no Brasil, realizada entre 2015 e 2019, pouco mais da metade dos brasileiros têm hábitos de leitura: 52%,ou 100,1 milhões de pessoas.

Em uma divisão por idade, a pesquisa apontou que a única faixa etária que teve aumento de leitores foi a de crianças entre os 05 a 10 anos.

Todas as outras, incluindo adolescentes, jovens e adultos, leram menos em relação à última pesquisa.

Mesmo com a queda, os pré-adolescentes de 11 a 13 compõem a faixa etária que mais lê no país: 81%.

"Não é segredo para ninguém que a leitura é fundamental para atingirmos uma sociedade mais justa, igual, desenvolvida e tudo isso começa com os pequenos.", relata a produtora de moda da agência de modelos Max Fama, Carolina Souza.

"O incentivo à leitura é uma obrigação de todos nós para que os nossos filhos tenham mais oportunidades na vida adulta. E a leitura deve ser um momento prazeroso, onde a criança deve se divertir. Para isso, é importante encontrar o gênero que ela mais gosta e deixar fluir.", finaliza.

Para incentivar a criançada a aumentar ainda o gosto pela leitura, a agência de modelos Max Fama fez um lindo editorial.

O editorial teve produção de Carolina Souza, fotografias de Jorge Luiz Garcia, coordenação de pautas de Antônia Biazzi, direção de arte de Wesley Alysson e produção executiva de Paulo Henrique Albuquerque.