Audio Rebel celebra 15 anos de curadoria e destaque na música alternativa com festival online

Créditos: Divulgação

A Audio Rebel, palco tradicional no Rio de Janeiro e destaque da música alternativa nacional, celebra neste mês de outubro seu 15° aniversário.

Impossibilitada de fazer uma festa presencialmente, a casa organizou uma programação especial de debates, lives e um show especial da lenda Jards Macalé com a curadoria que fez desse espaço uma referência.

Entre os dias 13 e 15 de outubro, seu canal de YouTube exibirá o festival gratuitamente com possibilidade de apoio voluntário através do aplicativo PicPay.

Localizado no bairro de Botafogo, na Zona Sul da Cidade Maravilhosa, o espaço reúne também estúdios de gravação e ensaio, oficina de instrumentos (luthieria) e loja de música e já recebeu grandes shows que marcaram a história da música alternativa.

Muito do que foi construído nesses anos vai ser representado na programação do festival.

O grande destaque será um show de Jards Macalé, que fez uma temporada histórica anos atrás na casa.

Com transmissão ao vivo da Rebel no dia 14/10 às 21h, Macalé fará sua primeira live acompanhado por Thomas Harres na bateria e Alberto Continentino no baixo.

No show, Jards vai revisitar suas composições essenciais num repertório eclético com bastante espaço para o experimentalismo sobre sua obra, além de canções do premiado álbum Besta Fera.

Nos dias 15, 16 e 17, segue uma programação musical pautada pela diversidade, representatividade e pluralidade.

Entre os destaques, Domenico Lancellotti, Verónica Decide Morrer, Jonas Sá + Thiago Nassif, Folakemi, Thami e Shaneihu Yawanawá, em uma curadoria assinada pelos também artistas Mihay, Katia Jorgensen e Luciane Dom.

Além dos shows, serão realizadas três mesas de conversas com músicos, produtores culturais, educadores, pesquisadores (de dentro e de fora da academia) e especialistas em políticas públicas para Cultura.

No primeiro dia de festival, o foco girará em torno das políticas de valorização e ações práticas com exemplos locais.

No segundo, sobre o espaço da música independente dentro de todo espectro da música no Brasil.

No último dia, serão debatidas previsões da retomada do mercado musical independente pós-pandemia.

Os shows serão realizados no canal do Audio Rebel.