Hospitalhaços resgata cultura popular através do trabalho voluntário

Créditos:

Sabe aquelas brincadeiras antigas que a gente quase não vê, mas sempre que a gente se depara com elas dá uma saudade danada? Quem não se lembra de jogar amarelinha, batatinha frita 123 ou vivo morto? E adoletá, bate figurinha e escravos de Jó no chão da sala de casa? Pois é! A Hospitalhaços resolveu resgatar a cultura das brincadeiras populares e implantar nos módulos de capacitação dos brinquedistas voluntários.

Com essa onda de tecnologia, as crianças hoje interagem mais com a tela dos smartphones e sequer conhecem estas brincadeiras que, além de divertidas, contribuem para o desenvolvimento da coordenação motora, atenção e socialização.

Muitas pessoas que procuram a Hospitalhaços para ser voluntário chegam com a intenção de brincar apenas com crianças. E isso é muito bom! Afinal, a ONG tem seis brinquedotecas instaladas em pediatrias de hospitais em Campinas, Hortolândia, Sumaré e Recife. E justamente para atender este público, que tem que ter idade mínima de 16 anos, acaba de ser aberto processo seletivo para adesão de novos voluntários que desejam passar horas do seu dia brincando com crianças hospitalizadas.

Para entender como funciona este trabalho voluntário e o que é preciso fazer para ingressar na ONG, foi elaborado um edital que está disponível no site da Hospitalhaços.

Nele é possível ler todas as regras, horários das palestras, os cursos que deverão ser feitos, quais documentos são exigidos e todos os contatos para dar andamento, caso a pessoa se identifique com a proposta e tenha tempo para realizar.

As vagas são somente para quem mora nas seguintes cidades onde a instituição tem Brinquedoteca: Campinas, Hortolândia, Sumaré e Recife. Mas fique atento! Para Recife as regras são um pouco diferentes e os interessados desta cidade deverão enviar um e-mail manifestando interesse e aguardando o retorno com as orientações.

Para participar, além de ter os pré-requisitos determinados no edital, é obrigatória a presença nas palestras institucionais e preencher a ficha de inscrição. Para os moradores de Campinas as palestras têm datas marcadas para os dias 27 de janeiro e 03 de fevereiro, às 9h30 e nos dias 30 de janeiro e 13 de fevereiro às 19h30. Em Hortolândia, no dia 24 de fevereiro, às 17h; e em Sumaré, no dia 21 de fevereiro, às 19h. Os locais das palestras e informações sobre como se inscrever também estão disponíveis no site.

Sobre a Hospitalhaços - Nosso trabalho é uma brincadeira muito séria!

A Hospitalhaços é uma Organização Não Governamental fundada em 1999 e que utiliza a figura do palhaço para levar sorrisos exclusivamente ao ambiente hospitalar. O desafio diário é criar uma atmosfera mais leve, alegre e descontraída para pacientes, familiares e profissionais da saúde.

Atualmente, a Hospitalhaços atende 27 hospitais em 17 municípios: Campinas, Valinhos, Indaiatuba, Hortolândia, Sumaré, Americana, Paulínia, Mogi Mirim, Mogi Guaçu, São Paulo, Salto, Tatuí, Cerquilho, Laranjal Paulista, Tietê e Recife, onde mantemos apenas uma brinquedoteca. No ano passado, iniciaram a atuação no Rio de Janeiro em dois hospitais federais. Além disso, administram seis brinquedotecas e realizam 32 mil atendimentos mensais, entre pacientes, acompanhantes e corpo clínico.

Em 2018 a ONG conta com o patrocínio das seguintes empresas: Unimed Campinas, Hospital Vera Cruz, Supermercados Pague Menos, John Deere, CI&T, Motorola, WestRock, Cirúrgica Fernandes, Ruff, Perfetti Van Melle, Alibra, Staufen Taktica.