Rivaldo elogia decisão da CBF em igualar pagamentos entre homens e mulheres

Créditos: Pixabay

Nesta quarta-feira, 02 de setembro, a Confederação Brasileira de Futebol revelou que irá igualar os pagamentos oferecidos nas competições masculinas e femininas.

"Não haverá mais diferença de gênero. O que elas recebem por diária nas convocações, nas premiações, inclusive em Copas do Mundo, será o mesmo valor dos homens", declarou Rogério Caboclo, presidente da CBF.

Em entrevista à Betfair.net, o craque Rivaldo analisou a recente decisão da CBF e a importância dessa mudança, que deve fortalecer ainda mais o futebol feminino.

"Eu acho que é uma boa decisão da CBF e de seu presidente em igualar os salários dos dois gêneros. Isso irá motivar ainda mais as jogadoras de futebol a fazer um bom trabalho e também pode servir de exemplo para outros países que ainda estejam refletindo sobre o assunto. Eu espero que outros países possam pegar nesse bom exemplo brasileiro e também adaptar essa igualdade no futebol de seleções", declarou o craque, embaixador da Betfair.net.

"Se trata de uma decisão muito justa da CBF e eu não vejo que ela possa trazer alguma polêmica, afinal jamais alguém vai pensar em criticar isso, pois desempenham as mesmas funções e merecem ter os mesmos direitos, então o presidente agiu bem", acrescentou o craque.

Segundo Rivaldo, essa mudança servirá como motivador para o futebol feminino e para outros países que ainda não igualaram os pagamentos.

"É muito importante dar o exemplo e começar por algum lado nessa tentativa de desenvolvimento do futebol feminino, tentando o aproximar dos padrões do masculino, e a CBF esteve muito bem dando esse passo.".

"Mas é importante também que os clubes acompanhem essa vontade da CBF apostando mais nas meninas, acrescentando aquela rivalidade dentro de campo, puxando pela torcida para comparecer nos estádios para incentivar as jogadoras, então, essa decisão do presidente pode não só ser importante no momento, como também motivando outros agentes esportivos a se focar mais no desenvolvimento do nosso futebol feminino", declarou o craque Rivaldo, embaixador da Betfair.net.

"No passado, o futebol foi predominantemente um esporte masculino, porém as mulheres vêm mostrando nos últimos anos que têm talento e podem proporcionar bons espetáculos, então essa é mais uma decisão que pode se revelar importante para o futuro do futebol feminino no Brasil.".