Sangue de Bode lança single com potente discurso político e social

Créditos: Divulgação

Em meio à situação mais que delicada que todos estamos enfrentando nos últimos tempos, o Sangue de Bode, impedido de tocar para divulgar seu mais recente trabalho de estúdio assim como todos os artistas, buscou um meio de se expressar e produzir algo que pudesse ser absorvido no meio de todo esse caos generalizado que assola tantas vidas, direta ou indiretamente, ao redor do mundo.

O resultado dessa busca foi o seu mais novo single, A Missa da Guilhotina, que chega com a intenção de alertar os bons, e protestar contra os fascistas e os canalhas que ainda conseguem transformar esse quadro pandêmico desgastante, em algo ainda pior.

A faixa foi gravada com os recursos disponíveis de cada integrante em suas respectivas casas, sem a quebra das orientações que vem salvando tanta gente, e chega também com um vídeo, produzido pela própria banda da mesma forma.

A finalização e os últimos retoques do trabalho ficaram por conta de Marcos Pirata, nos Estúdios Zonanoise.

O novo material acaba de ser lançado em todas as plataformas de streaming via Electric Funeral Records e tem como maior objetivo deixar uma marca útil no ano que não existiu.

Sangue de Bode é uma banda de metal extremo fundada na região serrana do Rio de Janeiro no final de 2017.

Sem rédeas na língua e indo estritamente ao ponto, o trio se consagra como uma das revelações da nova safra do metal extremo nacional ao lançar músicas potentes e com discurso político e social.