Berbatov analisa retorno de Messi aos gramados após lesão e disputa pelo título da La Liga

Créditos: Getty

Com o retorno gradual dos campeonatos esportivos, o ex-atacante búlgaro Dimitar Berbatov (Foto), em entrevista à Betfair.net, destacou as dificuldades da Premier League e suas diferenças com a Champions League.

Berbatov também falou sobre o retorno de Lionel Messi em partidas pelo Barcelona.

"Estará desesperado para jogar todos os jogos, mesmo que ele sinta alguma dor", opinou o embaixador Betfair.net.

Em sua análise, Berbatov ponderou ainda sobre as contratações de meio-campistas do Manchester United, time pelo qual foi duas vezes campeão da Premier League e vice-campeão da Champions League.

Jogadores do City terão uma decisão difícil a tomar

"A Champions League é uma competição diferente da Premier League e você sabe que jogará contra os melhores times e jogadores da Europa e, por melhores que sejam os jogadores da liga, é diferente. Você poderá se testar contra o melhor, e é disso que se trata", ponderou Berbatov.

"Você precisa buscar seu lugar. Algumas equipes estão lá todos os anos, porque elas são muito boas. Quando se chega lá, se você perguntar a qualquer jogador de futebol do passado, ou que está jogando agora, eles dirão que ouvir esse hino antes dos jogos dá arrepios. Isso o anima ainda mais, é uma ótima sensação, um jogo noturno europeu, especialmente quando você marca e vence."

Berbatov falou sobre a situação do Manchester City, que tentará reverter nos tribunais esportivos a decisão da UEFA de banir o clube da Champions League por duas temporadas:

"É uma grande semana para o Manchester City e se não der certo, os jogadores terão que tomar uma decisão difícil. Estou curioso para ver como todos reagem ao resultado, especialmente se o clube permanecer banido. É uma decisão difícil de tomar, porque todo mundo quer jogar, mas ao mesmo tempo também está jogando em um dos maiores e mais ricos clubes do mundo", disse o astro búlgaro sobre a possibilidade de um desmanche no elenco do City.

"Se você realmente gosta de futebol, se quer se desenvolver, se quer alcançar algo e se quer ser lembrado, você quer jogar na Champions League. Se você é motivado por dinheiro, seguirá um caminho diferente. Todo mundo é diferente e livre para fazer suas próprias escolhas, mas você precisa experimentar esse nível de futebol, mesmo que seja apenas uma vez em sua carreira. Algumas equipes têm sorte de estar lá todos os anos, algumas equipes e jogadores venceram muitas vezes ao longo de sua carreira, e alguns jogadores nunca jogam na competição e muito menos vencem. Alguns jogadores venceram cinco vezes, eu tentei três vezes e não levantei o troféu", lembrou o embaixador Betfair.net.

"Lembro que quando assinei com o United, jogar futebol na Champions League foi um grande atrativo, juntamente com o nome do clube, o técnico e a história. Eu sabia que ia jogar contra os melhores, parte da decisão foi que como jogador de futebol, você quer testar a si mesmo para ver como é bom. O torneio é muito importante para os jogadores."

"Será um duro golpe para o City se eles permanecerem banidos, a Champions League é um dos seus principais objetivos, e ainda não o venceram. Eles têm a chance de vencer nesta temporada, mas se ainda estiverem banidos isso pressionará ainda mais a equipe para vencer. Esse é o objetivo principal, mas é o mesmo do PSG. Não será fácil", ponderou Berbatov.

United possui mais meio-campistas do que precisa

"O Manchester United voltou a conversar com Saul Niguez, do Atlético de Madrid, e para mim, olhando para a situação, Pogba está de volta, Fernandes está lá, eles têm McTominay que precisa jogar regularmente porque é jovem e está indo muito bem, Mata está lá, Matic é ótimo no que faz, e contratar mais um só é bom se você quiser usá-los e colocá-los para jogar regularmente, porque essa transferência provavelmente custará muito dinheiro", destacou o embaixador Betfair.net.

"Na minha opinião, acho que eles têm qualidade suficiente na equipe, especialmente com Pogba voltando, mas talvez Solskjaer tenha uma decisão diferente e ele tenha decidido que precisam de alguém para se fortalecer. Também há relatos de que o United está interessado em Jack Grealish, na semana passada o Sancho era seu principal alvo, esta semana é o Grealish, na próxima semana será outra pessoa.".

"No momento, existem muitos jogadores associados a uma eventual transferência para o United. É uma coisa boa, e para os jogadores isso aumenta sua reputação. Vejo Grealish se encaixando melhor no United do que qualquer outra pessoa, ele está acostumado com Premier League e está produzindo grandes gols e assistências. Mas ele é parecido com Fernandes, Pogba e Mata, de certa forma, e você não quer muitos jogadores parecidos no seu time. Com todos esses nomes, será interessante ver se eles realmente assinam com algum deles ou talvez ninguém irá, porque para mim eles têm jogadores suficientes no meio-campo.".

"Depois do fim desta temporada e dos jogadores ficarem sem contrato ou saírem, talvez o clube precise de mais alguém. Mas se todos ficarem e comprarem mais dois, terão que deixar uma dupla sair, ou se os jogadores não estiverem felizes, eles precisarão ir ao técnico e dizer que não estão felizes com todos os outros jogadores da mesma posição", acrescentou Berbatov.

Animado para ver a Espanha na disputa pelo título

"Antes do retorno da Premier League na próxima semana, teremos o retorno do futebol espanhol esta semana e estou ansioso para ver como a disputa pelo título da La Liga se desenrola. Está realmente apertado no momento e estou inclinado ao Barcelona para manter o título. Gosto do futebol que eles jogam e, é claro, do fator Messi, mesmo que ele esteja um pouco lesionado, sua presença será um fator importante.".

"Quando há relatos de uma lesão em Messi, é sempre uma preocupação. Se ele acha que está pronto para o primeiro jogo e entra, mas não está 100% e a lesão piora, então eles têm um grande problema em suas mãos. Se ele permanecer em forma, todos nós sabemos o que ele pode fazer. É uma grande decisão a tomar, arriscar a participação dele no primeiro jogo ou não.", ponderou Berbatov.

"Tenho certeza de que ele estará desesperado para jogar todos os jogos, mesmo que ele sinta alguma dor. Como jogador, você precisa da equipe técnica para que possa entender como é vital e importante para a equipe. Se sua lesão piorar, você perderá mais partidas e a equipe ficará desfalcada, o que será um grande problema. Pessoalmente, acho que é melhor se eles não o arriscarem neste primeiro jogo.", finalizou o embaixador Betfair.net.