Mostra em Londrina revela influência polonesa na vida e obra de Paulo Leminski

Créditos: Maria Baptista

Neto de colonos poloneses por parte de pai, Paulo Leminski tem obras carregadas de referências à cultura polonesa. A fim de apresentar estas influências na vida e obra do artista, a exposição Meu coração de polaco voltou, em cartaz no Grafatório, em Londrina, até 07 de junho, traz uma série de documentos originais, livros, painéis com reprodução de textos, fac-símiles e fotos do acervo particular de Leminski.

Com curadoria de Aurea Leminski e Estrela Ruiz Leminski, a mostra nasceu em 2015 em Curitiba e já passou por Porto Alegre, São José dos Pinhais, Foz do Iguaçu e por diversas cidades da Polônia, como Varsóvia e Poznan. "A brasilidade de Leminski não o impediu de assumir com orgulho o seu coração polaco. E este projeto garante a difusão da obra do artista, das tradições polonesas, além de reforçar a importância do legado do autor e sua relação orgânica com a comunidade brasileira", revela Aurea.

Meu coração de polaco voltou é parte integrante da exposição Múltiplo Leminski, em cartaz até 30 de junho no Museu Histórico de Londrina, um projeto aprovado no Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (PROFICE), da Secretaria de Estado da Cultura, do Governo do Paraná e com apoio da Copel, da Secretaria de Cultura de Londrina, Prefeitura de Londrina e Universidade Estadual de Londrina.