Canal Eudes Veras: Estudando e descomplicando o Espiritismo

Créditos: Facebook

Victor Hugo Cavalcante: Primeiramente é uma alegria poder te entrevistar e gostaria de começar com a seguinte pergunta: Como começou sua relação com o espiritismo?

Eudes Veras Gomes: Sou eu quem me sinto grato e lisonjeado por esta oportunidade. Posso afirmar que "nasci espírita" e embora estivesse ativo no Catolicismo (o qual respeito com muita propriedade), vivia fenômenos pertinentes à mediunidade, que sempre me deixavam sem explicações. Um senhor, aparentando uns 75 anos, apresentado a mim como Antunes, hoje meu amigo e Mentor Espiritual, me ajudou muito a encarar toda esta situação, mas, foi em 2006, que conheci a Catarina e em 2007 começamos a trabalhar na psicografia do livro Sinal de Luz (publicado pela Editora FEB em 2014), ainda não era espírita e nem conhecia os conceitos desta Doutrina, a qual em 2009 comecei a frequentar, através de um convite a irmã Rosely. Cheguei à Associação Espírita Beneficente Humberto de Campos, aqui de Indiaporã, onde estou até hoje e, o mais interessante é que em um processo lento da primeira obra psicografada, só a terminamos em 2012, 5 anos depois, e já espírita.  Assim posso afirmar, Victor, que a minha relação com o espiritismo, se fez pela necessidade de compreensão e de reencontro com às minhas verdadeiras origens.

Victor Hugo Cavalcante: Como começou a ideia de criar um canal afim de explanar os assuntos da Doutrina Espírita de uma forma de fácil entendimento e descomplicada?

Como espírita, comecei a trabalhar como expositor em 2011 e como meta sempre uma oratória que fizesse todos compreender, àqueles que estudam a Doutrina Espírita e também àqueles que estão na Casa Espírita pela primeira vez. Nesta caminhada que se intensificou a partir de 2014 com o lançamento do livro Sinal de Luz, percebi o quanto a linguagem simples surtia efeito, também observava a repercussão que tinha às palestras de irmãos expositores e posteriormente até as nossas, quando eram publicadas na rede, em destaque pela RAEtv (Rede Amigo Espírita). Em 2017, especificamente em 07 de Agosto de 2017, colocamos no ar o trailer de nosso canal no YouTube, inicialmente chamado de Estudando e Descomplicando o Espiritismo, depois com o propósito de unificar todos nossos trabalhos, mudamos para Canal Eudes Veras. Compartilhamos as palestras, que temos o prazer de serem transmitidas pela internet, além de envolver nossos inscritos com mensagens e reflexões, apresentar a ONG, curiosidades e claro, como carro chefe do canal, a Série Estudos Espíritas, onde de forma simples, descomplicada e rápida estudamos temas e apresentamos o Evangelho de Jesus, porque na verdade, nós estamos vivendo em um momento muito turbulento da humanidade, sem tempo e com muito corre-corre, assim apresentamos de uma forma simples nossos assuntos, porém grandiosamente embasados para fazer-nos compreender. 

Victor Hugo Cavalcante: Para você, enquanto espírita e médium, qual é a importância de unir a tecnologia online com os ensinos da doutrina espírita para assim levar adiante a palavra do mestre Jesus decodificada no evangelho segundo o espiritismo?

Olha Victor, como médium é a oportunidade de devolver à Jesus um pouquinho de tudo que Ele nos proporciona, afinal, o trabalho é do Cristo, somos apenas os trabalhadores. Agora, como espírita, ai sim é gratificante, porque podemos apresentar às ideias da Codificação Espírita como base para nossa transformação moral. A Doutrina Espírita como ela realmente é, consoladora! O Evangelho de Jesus está presente em todas as ações espíritas, a exemplo da caridade tão incentivada no movimento e é isso que a tecnologia online nos proporciona, a exemplo do Canal Eudes Veras, que priva um estudo descomplicado e centrado nos conceitos de Jesus. Claro que existem conteúdos "duvidosos" apresentados na internet, o que nos leva a uma grade dica de Kardec, É preciso tudo fazer passar pelo crivo da razão.

Victor Hugo Cavalcante: Você acha que o trabalho online de ensinamento espírita tem a chance de alcançar o público jovem espírita de uma forma mais abrangente do que da forma original? Por quê?

Sem dúvida. Como já falamos, estamos naquele momento "quanto mais rápido, melhor" e o jovem é assim: dinâmico, ágil e objetivo, enquanto poucos adultos usam o celular com maestria, jovens e até mesmo crianças ensinam-nos como usar. Então, vejo que uso das mídias online é próspero e com um progresso inevitável, sendo assim, uma ferramenta muito mais próxima da juventude. 

Victor Hugo Cavalcante: Em seus vídeos você também falou um pouco sobre a ONG Grupo Ação Solidária de Indiaporã, nos fale um pouco desta ONG.

Com muita alegria. Fundada em 1º de Maio de 2003, por minha esposa, amigos e eu, a ONG Grupo Ação Solidária de Indiaporã tem o intuito de auxiliar a comunidade com cursos em diversas áreas e segmentos, lembro a todos que esta ONG não tem vínculo com o Espiritismo, mesmo porque no ato de sua fundação, não éramos espíritas. Ela nasceu do momento em que vivíamos o luto por nossa primogênita, Ligiany Rodrigue Veras, que desencarnou aos 13 dias. Atualmente na ONG, possuímos cursos de informática, pintura à óleo sobre tela, teatro, dança, auxílio escolar e ainda cursos interativos profissionalizantes, todos gratuitos. A ONG ainda oferta o café da manhã e almoço aos alunos do Projeto Ação Assistencial; Convido você Victor e a todos, para visitarem-nos, seja virtualmente pelo nosso site ou presencialmente, aqui em Indiaporã.

Victor Hugo Cavalcante: Qual é a sua maior dificuldade quanto ao canal?

Sendo direto Victor, a maior dificuldade que enfrentamos com o canal é conciliar nosso tempo, entre emprego, ONG, Casa Espírita, família, estudo, psicografias, palestras e o próprio conteúdo do canal, que claro que antes de tudo, tenho que pesquisar, encontrar as fontes e estudar, para depois iniciar o processo de gravação e edição.  Mas, é gratificante, observar os comentários, as curtidas, os compartilhamentos e perceber um crescimento considerável do canal.

Victor Hugo Cavalcante: Recentemente você postou no Canal Eudes Veras um Booktrailer sobre seu novo livro psicografado (Espírito Henry D.) e ilustrado por Regiane Veras, nos fale um pouco mais sobre este livro.

Este livro foi uma grande alegria. Em 2015 recebemos uma mensagem do Espírito Henry D. a qual intitulamos de Diferente, um conto de Natal, foi através desta mensagem que tivemos a inspiração para produzir esta obra infanto-juvenil, aliás, a primeira obra da Editora Psicoenergia. O livro DIFERENTE, UM CONTO DE NATAL, nos apresenta a história de Daniel que sonha em ter um cachorrinho, porém, com o adoecimento de sua irmãzinha Daniel vive um Natal totalmente diferente.  Neste livro, toda minha família participou, a palavra "Diferente" na capa do livro, tem a grafia de meu filho Myguel e a frase "um conto de Natal", é a grafia de meu filho Mycael, além é claro de ter as ilustrações feitas por minha esposa Regiane, enfim, é um livro feito pela minha família, para todas às outras famílias.  Maravilhoso! Esta é a melhor palavra para resumir este livro.

Victor Hugo Cavalcante: Você costuma acompanhar algum canal no Youtube que contenha a temática espírita? Se sim, quais seus preferidos e em quais você se inspira para criar conteúdo para seu canal?

Sempre que tenho oportunidade, o meu hobbie, assim posso chamar, é acompanhar o conteúdo ao vivo da RAEtv (Rede Amigo Espírita), porque além de apresentar diversos expositores e suas ideias para agregar em nossos estudos, ainda tem o valor de tranquilidade, devido ao seu envolvimento com conteúdo sérios e centrados nos ensinamentos de Jesus sob a ótica da Doutrina Espírita. 

Victor Hugo Cavalcante: Quais as próximas novidades e assuntos de temática espírita que você postará em seu canal?

Com o lançamento do livro Diferente, um conto de Natal, estamos pensando em criar uma série de vídeos com as crianças e sua experiência com os livros doutrinários infantis, e porque não, com este livro. Também pensamos em intensificar os Estudos Espíritas com gravações sem estúdio, em nosso cotidiano, com falas objetivas e de engrandecimento.