Modelo conta como superou o vício em cocaína e infância marcada por abusos

Créditos: Divulgação

Uma menina cheia de sonhos vítima do vício em cocaína. Outra que sofreu violência doméstica por parte do próprio pai. E uma terceira que quase foi vendida a estranhos pela própria mãe. Histórias duras demais, apesar de reais, para serem contadas. Mas, imagine, se todas fizessem parte da vida da mesma pessoa?

A realidade descrita acima marcou a vida de Karen Padilha, 24, ex-modelo que hoje trava batalhas diárias em busca da paz. São anos lutando para curar as feridas que a vida lhe causou em busca da vitória contra seus demônios. Vitória essa que chega a cada dia longe das drogas, perto das pessoas que ama e quando fala sobre o exercício do perdão.

"Brigando com meus demônios, tentando identificá‑los, um por um, sofrendo na pele o que é desejar cegamente uma coisa e não poder tê‑la. Isso porque o que se deseja é o que estava destruindo minha vida, e pode continuar, se eu permitir."

Em seu livro O que fizeram de mim? Sobre traumas e transformações, Karen quer mostrar ao leitor sua trajetória de vida e expor as ferramentas que usou (e ainda usa) ao seu favor para vencer as barreiras que a vida colocou em seu caminho.

Espiritualidade, redescoberta do amor, psicologia e resiliência foram suas maiores aliadas.

Existem histórias que inspiram, que nos fazem refletir sobre como superar certas barreiras e como perdoar a nós mesmos por erros que cometemos. A biografia de Karen Padilha é uma dessas histórias. Que nos desafia a pensar diferente e a caminhar para frente.

Sobre a autora

Karen Padilha já foi modelo e hoje é escritora. É também colunista dos sites O Segredo, Resiliência Humana, Academia do Aprendiz, Entrelinhas Literárias e em seu próprio site Kacosmic. Estudou Introdução à Filosofia (University of Edinburgh - Londres), Introdução à Psicologia (University of Toronto) e Origem da Vida no Contexto Cósmico (USP).