Agricultura coordena planejamento de produção destinada à Alimentação Escolar

Créditos: SMCS de Rio Preto/ Ivan Feitosa

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento de Rio Preto realizou no dia 18, no Recinto de Exposições Alberto Bertelli Lucatto, reunião inédita para definir o cardápio da Alimentação Escolar em 2019. A partir do próximo ano, toda a aquisição e a logística de alimentos para os equipamentos municipais, inclusive referente à chamada merenda escolar, ficará sob a responsabilidade do Programa Alimenta Rio Preto, política municipal de Segurança Alimentar e Nutricional em implantação.

Cerca de 70 pessoas, entre produtores da agricultura familiar, representantes da Cooperativa Cooperiopreto, técnicos da Divisão de Gestão da Merenda Escolar e técnicos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, participaram da discussão inicial, cujo objetivo é integrar o poder público e os produtores para elaboração de cardápio que considere as sazonalidades das produções e as necessidades nutricionais dos alunos da rede municipal de ensino.

"Nós estamos visualizando a implantação do Alimenta Rio Preto e, por isso, antecipando o planejamento do produtor para que ele tenha condições de se preparar e atender o município da melhor maneira possível, com qualidade e constância. Começamos pelo setor de Alimentação Escolar, e vamos seguir para cada um dos equipamentos municipais envolvidos na questão da segurança alimentar e nutricional", explica o secretário da pasta, Antônio Pedro Pezzuto Jr.

Os preparativos começaram em tempo suficiente para que os produtores possam se preparar. O plantio das primeiras culturas já devem começar em setembro.

"Nesse primeiro momento, vamos discutir a cadeia produtiva do período de plantio e colheita de cada uma das culturas, seguido da definição dos cardápios e seus prazos. Depois, um comitê formado pelos produtores vai validar as propostas. Num terceiro momento, vamos começar a fase de planejamento agrícola, com os agrônomos no campo, definindo o que cada produtor deverá plantar", detalha Pezzuto. Paralelamente, processo semelhante será iniciado em outras frentes de abastecimento: Bosque Municipal, Corpo de Bombeiros e Banco de Alimentos.

O planejamento da Alimentação Escolar está sendo assistido pelas técnicas da Secretaria de Educação, Lorrayne Samira Daher, chefe de nutrição escolar, e Nayra Castilho Correa Leite Soares, chefe de divisão de nutrição escolar, na orientação dos alimentos que deverão ser incluídos nos cardápios.

O Programa Alimenta Rio Preto é a política municipal de Segurança Alimentar e Nutricional em estágio de implantação. Além da Alimentação Escolar, atua também nos setores de Produção, Apoio ao Produtor, Sustentabilidade e Abastecimento Nutricional.