Ouroeste e Ponto MIS promovem oficina online de caracterização cênica japonesa

Créditos: Prefeitura Municipal de Ouroeste

A Secretaria de Juventude, Esporte, Lazer, Cultura e Turismo (SEJEL) segue colaborando com o Museu de Imagem e Som (MIS) de São Paulo e em parceria com a Diretoria de Cultura de Ouroeste vem promovendo inúmeras atividades culturais online e gratuitas.

E desta vez, a parceria divulga a oficina Caracterização no Teatro Japonês: NÔ e KABUKI com a figurinista Maria Cecília.

As aulas serão online, com início às 19h, transmitidas por meio da plataforma Zoom, com encontros nos dias 06, 08 e 10 de setembro, segunda, quarta e sexta-feira.

A oficina será realizada ao vivo na plataforma Zoom e as inscrições serão via Sympla.

O link de acesso à aula será enviado automaticamente ao aluno no e-mail cadastrado na ficha de inscrição assim como o certificado.

Cada um dos encontros terão o objetivo contribuir para o desenvolvimento criativo dos participantes, gerando discussões e reflexões acerca das temáticas apresentadas, como as evoluções dos trajes ao passar do tempo, bem como as influências que o teatro japonês causou em diferentes manifestações culturais ao redor do mundo.

Sobre a oficina

O curso apresenta uma contextualização sobre a caracterização cênica no Teatro NÔ e KABUKI, importantes manifestações artísticas e teatrais da cultura japonesa.

A partir de um panorama histórico sobre o teatro japonês, serão apresentadas as principais características que compõe a caracterização (figurino, maquiagem, máscaras e demais adereços) do ator em cena no teatro e Kabuki.

Serão analisados a caracterização de personagens estudados e a influência do traje de cena do teatro japonês em diversas manifestações artísticas do mundo.

Durante o curso os alunos serão convidados e orientados a desenvolverem exercícios práticos de criação de traje de cena e/ou adereços em tamanho miniatura, que serão confeccionadas a partir de técnicas decolagem e dobradura em papel.

O curso tem como objetivo apresentar um panorama sobre a história e evolução do teatro japonês: e Kabuki; apresentar conceitos e características ligados à caracterização de personagens (figurino, maquiagem, máscaras e demais adereços); apresentar análises da evolução do traje e caracterização de personagens no teatro japonês: e Kabuki; refletir sobre as materialidades, tecnologias e formas empregadas na construção dos trajes analisados; apresentar referências de trajes e adereços confeccionados a partir de materiais e técnicas diversas; orientar os participantes na construção de trajes de cena e/ou adereços a partir de técnicas com papel e dobradura e contribuir para o desenvolvimento criativo dos participantes, gerando discussões e reflexões acerca das temáticas apresentadas.

No primeiro encontro será apresentado um panorama da história da caracterização cênica (figurino, maquiagem, máscaras e demais adereços) no Teatro Nô e Kabuki no Japão.

Também serão contextualizadas as características e importância do figurino para cena.

Os participantes serão convidados a trabalhar na criação de um projeto (croqui) para o figurino proposto.

Já no segundo encontro serão apresentadas referências diversas de obras e produções inspiradas no Teatro Japonês, e de materialidades empregadas na construção de trajes e adereços.

Os participantes serão convidados e orientados a trabalhar na construção do figurino/adereço criado, a partir de técnicas que utilizem o papel e a dobradura.

E no terceiro encontro trará reflexões sobre a ocidentalização no Teatro Kabuki, que desde o final do século XIX, vem sendo influenciado por produções ocidentais, passando por transformações em sua estética.

Durante o encontro também serão compartilhadas as criações realizadas pelos participantes.

Para o curso se necessitam papel (craft ou papel sulfite, folha de jornal), material de colorir, tesoura e cola branca.