Saldo de empregos em RP é 56% maior que em 2017

Créditos: Ivan Feitosa/SMCS

O setor de Serviços continua sustentando a geração de empregos em São José do Rio Preto, com saldo de 1.168 empregos gerados entre janeiro a fevereiro deste ano.

Com total de 65.743 postos formais registrados no Caged - Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, admitiu 5.002 pessoas, contra 3.834 demissões. Em segunda posição está a Indústria de Transformação, com saldo de 245 vagas, 148 a mais que em 2017.

Na ponta contrária, o Comércio perdeu 143 vagas e a Construção Civil, 46. Apesar disso, as demissões também foram menores que no ano anterior, queda de 68,9% e 55,1%, respectivamente, o que indica uma reação desses setores.

Os números locais são reflexo do que se vê no contexto macroeconômico e acompanham a retomada, ainda que lenta, da empregabilidade. Hoje, o saldo geral no município está positivo em 1.110 vagas, contra 487 no ano passado: crescimento de 56,12%.

"Estamos otimistas em relação ao mercado para este ano, uma vez que a economia avança. Mais do que boa fé, temos trabalhado para oportunizar o acesso às vagas de trabalho", comenta o secretário municipal de Trabalho e Emprego, Edemilson Favaron.

Nesse sentido, vale destacar que o Balcão de Empregos, serviço municipal gratuito para cadastramento de currículo de candidatos a oportunidades de trabalho e divulgação de vagas disponíveis, começa a semana com 131 novas oportunidades.

Há 22 ofertas para vendedores em diversas áreas;12 vagas para auxiliar de cozinha, de limpeza, de serviços gerais e outros; 28 oportunidades de estágio e muito mais.

Os interessados podem se candidatar pelo site do Balcão de Empregos ou presencialmente na Praça Laranja do Poupatempo ou na sede da secretaria, que fica na rua Ondinda, 216, em frente a igreja da Redentora. É preciso apresentar CPF, RG, comprovante de residência e carteira de trabalho e/ou currículo.