Escritora conquista com personagens gente como a gente

Créditos: Divulgação

Nos romances de Stephanie Caroline, as personagens chamam a atenção por serem do tipo "gente como a gente".

A escritora define:

"Minhas histórias geram identificação e reflexões que ajudam as pessoas a lidar com situações do cotidiano, sem que deixem de sonhar e desejar um mundo melhor.".

Para ela, o que importa é entreter, mas, também, provocar.

Aos 31 anos, Stephanie já lançou seis títulos de sucesso e seu sétimo livro acaba de chegar, online, na Amazon, e pode ser comprado em formato físico pelo Instagram da autora.

Amor, Destino Final é um romance sobre uma escritora que, ao mesmo tempo, tem dilemas com o trabalho, descobre segredos de família e que precisa trabalhar o amor próprio para encontrar seu caminho na vida. Quem nunca?

Conheça sobre os outros livros da autora:

Doce vida de Ana

"Eu estou grávida!".

Quando disse essa frase aos 15 anos de idade, Ana Kainovack pensou que sua vida tinha acabado.

Alguns planos mudados, dificuldades enfrentadas, preconceitos lidados, e Ana pôde provar que era mais responsável do que aparentava ser.

No meio desse turbilhão, ela tem que enfrentar a obsessão de uma antiga inimiga por seu namorado. Será que o amor verdadeiro sempre vence no final?

O livro está fora de linha no momento

Nada é por acaso

"Éramos só nós dois, sobreviventes de uma realidade cruel.".

Anita Alvarez passou por uma grande tragédia em sua vida e desde então, além de ser acusada pela morte dos pais, vive sozinha em seu mundo, presa a seu sofrimento.

Tudo muda quando ela conhece Mateus, alguém marcado por uma tragédia tão ruim quanto a sua.

Os dois se aproximam e além de amigos acabam se tornando namorados.

Mas na vida nada é por acaso e talvez os dois tenham se encontrado para ensinar uma grande lição um ao outro:

Por mais difícil que estejam as coisas, sempre há motivos para continuar a viver!

13 contos de amor ou não

Uma deixou de acreditar no amor, a outra quer tê-lo de volta e se vingar, enquanto a terceira deseja nunca ter se apaixonado.

Existe também uma garota em crise, forças sobrenaturais, amores não resolvidos e o nascimento do sentimento em um mundo distópico.

Treze contos que podem ser de amor. Ou não.

Tudo é uma questão de ponto de vista.

13 Contos de Amor ou Não será relançado ainda este ano.

Diário da garota em crise

"Meu coração sempre foi dele e de mais ninguém, mas agora há algo errado e não sei o que fazer.".

Ana Lastra sonha em encontrar um grande amor, exatamente como nos livros.

O detalhe é que ela vai descobrir que no mundo real o amor não é assim tão simples.

Quando ela conhece Brunno, seu mundo vira literalmente de ponta cabeça...

E as coisas tendem a piorar! Será que todas as histórias de amor foram feitas para terem um final feliz? Bem-vindos ao mundo da garota em crise!

Para Sempre

"Para sempre é tempo demais...".

Luana está tentando superar um relacionamento que não foi tão perfeito quanto ela esperava.

O problema é que quanto mais ela tenta se livrar desse sentimento mais ela descobre que amar talvez seja realmente para sempre.

Brunno é irmão de Luana e está tentando ajudá-la enquanto lida com seus próprios fantasmas do passado.

Será que é certo trazer Ana Lastra de volta a jogada apenas porque ela é a única que pode ajudar sua irmã?

Ana é a pessoa que passou por mais tragédias do que se possa imaginar. E ela parece ótima.

Parece ter lidado muito bem com todo seu passado complicado. Exceto com o sentimento que tem por certo garoto.

Algo que ela tem certeza, é para sempre.

Três jovens e três histórias que se cruzam para descobrir juntos que talvez nada é para sempre!

Deixe-me roubar seu coração

"Perdemos pessoas para a vida ou para a morte, mas não precisamos esquecer ou superar, apenas lidar com as lições que deixaram para nós.".

Valéria Mendonça teve seu coração partido, mas aos poucos vai entender que o amor de verdade não dói.

Ao lado de uma pessoa que conheceu de forma inusitada, e que também luta com seus fantasmas do passado, ela vai descobrir que a vida é uma caixinha de surpresas e que tudo que precisamos aprender é a lidar com as lições que as pessoas que perdemos, para a vida e para a morte, nos deixaram.

O livro também está sendo vendido em formato físico

Sobre a autora

Stephanie Caroline, que começou a escrever aos oito anos para expressar suas emoções, escreveu seu primeiro livro, Doce Vida de Ana, aos 15 anos.

A publicação aconteceu 10 anos depois, e, de lá para cá, já foram mais seis livros: Nada é por Acaso, 13 Contos de Amor ou Não, Diário da Garota em Crise, Para Sempre, Deixe-me Roubar seu Coração e o recém-lançado Amor, destino final.

O oitavo romance já está em desenvolvimento.

Formada em Publicidade e Jornalismo, Stephanie ama ler e adora criar histórias com aquele toque mais vida real, com personagens "gente como a gente".

Suas leitoras gostam de histórias românticas, mas com um toque mais vida real e que buscam identificação e reflexão no que é revelado ao longo do livro.